sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Senadores reagem a Barroso e discutem barrar afastamento de Chico Rodrigues


 



Chico Rodrigues foi alvo de operação da PF em Roraima e tentou esconder dinheiro na cueca — Foto: GloboNews


Senadores de diferentes partidos ouvidos pelo blog reagiram ontem à decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luis Roberto Barroso de afastar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) do mandato. A decisão ainda precisa ser referendada pelo plenário do Senado.

Chico Rodrigues foi alvo de operação da Polícia Federal na quarta-feira (14) em Roraima, quando foi flagrado em casa com dinheiro na cueca. A operação foi deflagrada para combater um suposto esquema criminoso de desvio de recursos públicos para o combate ao coronavírus em Roraima.

Parlamentares criticaram nesta quinta-feira (15) em grupo de WhatsApp a decisão do ministro do STF pelo afastamento, segundo relatos à reportagem. Eles discutem barrar a decisão do ministro.

Entre as mensagens apresentadas no grupo, segundo o blog apurou, senadores foram praticamente na mesma linha: de que o caso do senador Chico Rodrigues precisa ser decidido pelo Conselho de Ética, e que o Senado não dará espaço à sobreposição de poderes.

Barroso determina que senador Chico Rodrigues seja afastado do mandato por 90 dias

--:--/--:--


Para senadores, a decisão de Barroso (veja vídeo acima) seria “usurpação de poder", quando um dos poderes invade a competência do outro. Além disso, os parlamentares dizem que o mandato popular não “deve depender do humor” de qualquer ministro. Por isso, o Senado quer que o Conselho de Ética da Casa discuta o caso.

No entanto, senadores, de forma reservada, não garantem que o caso no conselho terá desdobramento imediato. Nas palavras de um líder, “vai depender do processo” envolvendo Chico Rodrigues na Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

parceiros

Social

Notícias Populares

Poder Legislativo de Itaipulandia Parana

Poder Legislativo de Itaipulandia Parana
PAUTA 35ª Sessão Ordinária, do segundo período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 03 de novembro do ano de dois mil e vinte, em sua Sede própria, com a seguinte, ORDEM DO DIA I-PEQUENO EXPEDIENTE: 1- Chamada Nominal dos Vereadores pelo Secretário; 2- Leitura de um trecho Bíblico: Vereador Rodrigo Rogério Pavinatto 3- Leitura, Discussão e votação da Ata: 34ª Sessão Ordinária de 2020 4-Leitura dos Expedientes. Ofício nº191/2020 Resposta do Requerimento nº06/20. II-GRANDE EXPEDIENTE: PROJETOS DE LEIS EM SEGUNDA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO: Projeto de Lei do Legislativo nº09/2020-Dispõe sobre a obrigatoriedade do uso da focinheira e estabelece regras de segurança para a condução responsável de cães de grande porte e/ou de raças consideradas perigosas em locais públicos do Município de Itaipulândia-Pr, de autoria do Vereador Rodrigo Rogério Pavinatto. Projeto de Lei do Legislativo nº12/2020- Que Denomina Ruas localizadas no Condomínio Residencial Parque das Águas, de autoria do Vereador Lindolfo Martins Rui. PROJETOS DE LEIS EM PRIMEIRA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO: Projeto de Lei nº50/2020- Que Dispõe sobre a autorização para abertura de Crédito Adicional Suplementar até O LIMITE DE R$ 6.088.972,30, CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DE PASSEIOS PÚBLICOS (CALÇADAS). Projeto de Lei nº 54/2020- Que Autoriza o Poder Executivo a Adquirir por desapropriação amigável ou judicial Bem Imóvel Declarado de utilidade Pública, OBJETIVO DA AQUISIÇÃO É CONSTRUIR CICLOVIA. Sala de Sessões da Câmara Municipal de Itaipulândia, em 29 de outubro 2020. Vilso Nei Serena Presidente