Sistema De Jornalismo Itavófm.

Ola amigos De Itaipulândia e região Estamos Sempre Inovando Para que você fique Bem Informado e agradecemos a Tua Preferência E Companhia de Todos Os Dias Um Bom 2019 A Todos.

Rádio Itavofm 90;3

Rádio Itavofm 90;3
Todos os Dias das 6 da Manhã as 7 Programa Alvorada Sertaneja apresentação Fernandes Miguel

Classificados Itavó FM

Classificados Itavó FM
Vende se Casas e terrenos Em Itavó

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Ossadas encontradas em casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio podem ser de vítimas da ditadura Ossos de três pessoas foram retirados de casa que foi de Alfredo Stroessner, que comandou o Paraguai entre 1954 a 1989. Por RPC Foz do Iguaçu 11/09/2019 17h32 Atualizado há 18 horas Ossadas humanas encontradas na casa de ditador paraguaio são retiradas Ossos de três pessoas foram encontrados em uma casa que pertenceu ao ex-ditador paraguaio Alfredo Stroessner, em Cidade do Leste, na fronteira com o Brasil. Segundo as investigações, as ossadas humanas podem ser de vítimas da ditadura paraguaia. Atualmente, o imóvel é ocupado por barracas de moradores sem teto e o acesso é restrito. Para entrar, só com autorização de lideranças do movimento. Membros da equipe Nacional para Investigação, que fazem buscas e identificação de pessoas detidas e desaparecidas no Paraguai, foram até o imóvel, retiraram as ossadas na terça-feira (10), e levaram para realização de exames em Assunção, a capital do Paraguai. A casa do ex-ditador paraguaio está destruída. Segundo as autoridades paraguaias, o imóvel foi depredado por pessoas que entram no local para retirar e procurar objetos de valor. Há várias escavações na casa. Foi abrindo um desses buracos, que uma dessas pessoas encontrou as ossadas humanas no fundo de um banheiro. Três crânios e ossos de membros inferiores estavam embaixo do que já foi uma banheira. Depois da medição, tudo foi separado. Uma peneira foi usada para identificar partes menores. 'Casa do Terror' De acordo com a Comissão, os ossos são de vítimas da ditadura paraguaia, que durou 35 anos, de 1954 a 1989. Essas pessoas podem ter sido mortas dentro da casa ou os corpos foram deixados ali. A propriedade ganhou um apelido nada amigável por causa dos crimes cometidos por Stroessner "Durante esse tempo, ele [ditador paraguaio] visitava este lugar e se ouviam gritos de pessoas, uivos, gente que suplicava pela vida. Por isso, chamaram essa casa de ‘a casa do terror!’”, explicou Rogelio Goiburu, que é membro da equipe nacional de buscas presos e desaparecidos. Stroessner foi acusado de mandar matar 423 opositores do regime ditatorial e torturar quase 19 mil pessoas. Também foi acusado de casos de pedofilia, durante os 35 anos que ficou no poder. O general tinha uma forte relação com o Brasil e especialmente com Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Foi no governo dele que o Brasil fechou o acordo para a construção da Usina de Itaipu. Stroessner também estava no comando do Paraguai quando foi negociada e inaugurada a Ponte Internacional da Amizade. O ditador morreu em 2006, exilado em uma casa em Brasília, aos 96 anos. Para um dos membros da Comissão de Investigação, as lembranças são as piores possíveis. O pai dele foi morto pelo governo do ex-ditador. "Meu pai foi vice-presidente do partido Colorado, que era a oposição de Stroessner. Ele foi sequestrado na Operação Condor, na Argentina, trazido ao Paraguai, torturado e assassinado. Até agora não encontramos seus restos mortais", diz Rogelio Goiburu. Crânios foram encontrados no piso de banheiro de casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Reprodução/RPCCrânios foram encontrados no piso de banheiro de casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Reprodução/RPC Crânios foram encontrados no piso de banheiro de casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Reprodução/RPC Ossadas foram encontradas em um banheiro de uma casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Marcos Landim/RPCOssadas foram encontradas em um banheiro de uma casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Marcos Landim/RPC Ossadas foram encontradas em um banheiro de uma casa que pertenceu a ex-ditador paraguaio — Foto: Marcos Landim/RPC Ossadas encontradas passarão por exames em Assunção — Foto: Marcos Landim/RPCOssadas encontradas passarão por exames em Assunção — Foto: Marcos Landim/RPC Ossadas encontradas passarão por exames em Assunção — Foto: Marcos Landim/RPC

Um verdadeiro canteiro de obras. É assim que pode ser definido o Distrito de São José do Itavó, em relação a construção das casas, através de financiamentos pelo Fundo Municipal de Habitação. No momento, 31 unidades habitacionais estão em fase de construção, localizadas nas ruas Santa Catarina, Henrique Ghellere, São Miguel, Nóe de Medeiros e Prolongamento da Rua Projetada “A”. As casa estão sendo construídas em terrenos do município.
Importante salientar que todos os envolvidos nas construções são moradores do próprio distrito, o que faz com que os recursos de mão de obra fiquem na própria comunidade.
Outro pedido feito pela prefeita Cleide Prates, é de que os mutuários adquirissem os materiais para construção no comércio do município e segundo informações do Diretor de Habitação, Albeneir Carvalho (Bena), praticamente a totalidade dos materiais estão sendo adquiridos no comércio local, fazendo com que estes recursos permaneçam na cidade.
O poder público municipal disponibilizou R$ 6 milhões de reais, através do Fundo Municipal de Habitação, para construção e reformas de unidades habitacionais, além de parceria com a Caixa Econômica Federal. Mais de 200 famílias já foram beneficiadas na atual gestão.

0 comentários:

Postar um comentário

fotos google

Social

Notícias Populares

Poder Legislativo De Itaipulândia Paraná

Poder Legislativo De Itaipulândia Paraná
PAUTA 30ª Sessão Ordinária, do segundo período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 09 de setembro do ano de dois mil e dezenove, em sua Sede própria, com a seguinte, ORDEM DO DIA 1- Chamada Nominal dos Vereadores pelo Secretário; 2- Leitura de um trecho Bíblico: Vereador Roberto Piano. 3- Leitura, Discussão e votação da Ata: 29ª Sessão Ordinária de 2019 4-Leitura dos Expedientes. GRANDE EXPEDIENTE: PROJETOS DE LEIS EM PRIMEIRA DISCISSÃO E VOTAÇÃO: Projeto de Lei nº 063/2019- Que Dispõe sobre a reestruturação administrativa do Poder Executivo do Município de Itaipulândia e dá outras providências; Projeto de Lei nº 064/2019- Que Dispõe sobre a alteração do sistema de Cargos em Comissão e dá outras providências; Projeto de Lei nº 065/2019- “Que Dispõe sobre os componentes do Município de Itaipulândia referente ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar -SISAN-, define os parâmetros para elaboração e implementação do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e dá outras providências”. MENSAGENS DO PROJETO DE LEI E PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO QUE SERÃO LIDOS E ENCAMINHADOS PARA ANALISE DAS COMISSÕES PERMANENTES: Mensagem do Projeto de Lei nº073/2019- Que acrescenta dispositivos da Lei Municipal nº 1.491/2016, Visa incluir ao estatuto do Servidor Público a possibilidade de implementar através de Lei especifica gratificações especiais aos servidores; Mensagem de Decreto Legislativo nº03/2019- Concede Título de Honra ao Mérito ao Professor José Jacob Heckler Griebeler, autoria do Vereador Vilso Nei Serena. INDICAÇÃO QUE SERÁ LIDA E ENCAMINHADA AO ORGÃO COMPETENTE: Indicação nº51/2019 Vereador Marcos Paulo Coradini INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler, que seja denominado a Rua Projetada-A localizada no Bairro Jardim Curitibano como “Rua Erno Baron”. Justificativa: Erno Baron foi um pioneiro que muito contribuiu com o desenvolvimento da nossa cidade. No inicio (1966) veio a residir na comunidade de Cristo Rei, desenvolvendo a atividade agrícola, e voluntariamente ajudou na construção da escola e igreja local. Foi Presidente da Igreja e se envolvia muito com diversas ações voltadas a comunidade. Após a formação do Lago de Itaipu, mudou-se com sua família para a cidade quando aposentou-se. Faleceu no dia 30 de agosto de 1993. Como forma de homenagem a esse pioneiro e sua família, solicitamos que a Rua Projetada-A passe a denominar-se Rua Erno Baron. Sala de Sessões da Câmara Municipal de Itaipulândia, em 06 de setembro de 2019. Vilso Nei Serena Presidente