Sistema De Jornalismo Itavófm.

Ola amigos De Itaipulândia e região Estamos Sempre Inovando Para que você fique Bem Informado e agradecemos a Tua Preferência E Companhia de Todos Os Dias Um Bom 2019 A Todos.

Rádio Itavofm 90;3

Rádio Itavofm 90;3
Todos os Dias das 6 da Manhã as 7 Programa Alvorada Sertaneja apresentação Fernandes Miguel

Classificados Itavó FM

Classificados Itavó FM
Vende se Casas e terrenos Em Itavó

sábado, 24 de agosto de 2019

Trump levará posição brasileira ao G7

BRASÍLIA — O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , ofereceu-se para levar a posição brasileira à reunião do G7, convocada pelo presidente da França, Emmanuel Macron , para discutir os incêndios florestais na Amazônia.
Segundo uma alta fonte no governo do presidente Jair Bolsonaro , o Brasil conta ainda com o apoio de Reino Unido, Itália e Japão, que fazem parte do G7, além de Espanha, Chile Argentina e Peru.
Ainda integram o G7, que se reunirá de sábado a segunda-feira em Biarritz (Sudoeste da França), Alemanha e Canadá. A União Europeia também está representada, e autoridades da Espanha e do Chile estarão presentes na reunião como convidados.
No fim da tarde desta sexta, Trump se manifestou sobre as queimadas na Amazônia . Afirmou estar pronto para ajudar a conter os incêndios e comentou ter conversado com Jair Bolsonaro por telefone. Em meio às ameaças feitas por alguns países europeus de adotarem barreiras comerciais contra o Brasil, por causa das queimadas e da política ambiental brasileira, o presidente americano ressaltou que as "perspectivas de comércio são muito animadoras" para Brasil e EUA.
— Houve uma convergência. Os dois lados manifestaram interesse em conversar quase que simultaneamente, mas foi a Casa Branca quem ligou primeiro — informou outra fonte próxima ao governo Bolsonaro. — A conversa não foi apenas sobre Amazônia ou meio ambiente, mas evidentemente falaram também sobre isso, com a perspectiva de cooperar na reação a problemas ambientais e também estabelecer uma política ambiental que respeite a soberania dos países.

A oferta americana teria saído desse diálogo entre os dois presidentes.
— Boa parte da conversa foi dedicada a discutir a situação política da América do Sul e mecanismos para aprofundar os laços entre os dois países, inclusive um acordo comercial abrangente. Eles concordaram em dizer que iniciaram conversas para lançar negociações comerciais, concordaram em se coordenar em questões ambientais e globais de modo geral com uma abordagem soberanista e anti-globalista — contou o interlocutor.
No início da noite, em pronunciamento em cadeia nacional, Bolsonaro sinalizou que poderia contar com um membro do G7 em nome do Brasil, sem revelar o nome: "Outros países se solidarizaram com o Brasil. Ofereceram meios para combater as queimadas, bem como se prontificaram a levar a posição brasileira junto ao G7", disse.
A convocação da reunião por Macron, feita na última quinta-feira, irritou o governo brasileiro. Em uma rede social, o líder francês escreveu: "Nossa casa está pegando fogo. Literalmente. A floresta amazônica — o pulmão que produz 20% do nosso oxigênio — está em chamas. É uma crise internacional".
— Os EUA também se comprometeram a responder que a Amazônia só deve ser discutida com a presença e a participação ativa do Brasil, caso Macron aborde o assunto no G7 — disse a fonte.

Bolsonaro reagiu, chamando Macron de colonialista e acusando o presidente francês de publicar uma foto falsa na internet. Nesta sexta-feira, porém, o presidente brasileiro recebeu como troco uma declaração em um tom raro no meio diplomático. Foi acusado de mentiroso pelo presidente da França. Bolsonaro retrucou que o francês quer instrumentalizar uma questão interna do Brasil para fins pessoais.
Discretamente, outro país que demonstrou, nesta sexta-feira, empatia em relação ao Brasil foi a China. O número dois da embaixada chinesa em Brasília, Qu Yuhui, elogiou a política ambiental brasileira e disse que seu país teria interesse em negociar um acordo de livre comércio com os brasileiros.

0 comentários:

Postar um comentário

fotos google

Social

Notícias Populares

Poder Legislativo De Itaipulândia Paraná

Poder Legislativo De Itaipulândia Paraná
PAUTA 30ª Sessão Ordinária, do segundo período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 09 de setembro do ano de dois mil e dezenove, em sua Sede própria, com a seguinte, ORDEM DO DIA 1- Chamada Nominal dos Vereadores pelo Secretário; 2- Leitura de um trecho Bíblico: Vereador Roberto Piano. 3- Leitura, Discussão e votação da Ata: 29ª Sessão Ordinária de 2019 4-Leitura dos Expedientes. GRANDE EXPEDIENTE: PROJETOS DE LEIS EM PRIMEIRA DISCISSÃO E VOTAÇÃO: Projeto de Lei nº 063/2019- Que Dispõe sobre a reestruturação administrativa do Poder Executivo do Município de Itaipulândia e dá outras providências; Projeto de Lei nº 064/2019- Que Dispõe sobre a alteração do sistema de Cargos em Comissão e dá outras providências; Projeto de Lei nº 065/2019- “Que Dispõe sobre os componentes do Município de Itaipulândia referente ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar -SISAN-, define os parâmetros para elaboração e implementação do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e dá outras providências”. MENSAGENS DO PROJETO DE LEI E PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO QUE SERÃO LIDOS E ENCAMINHADOS PARA ANALISE DAS COMISSÕES PERMANENTES: Mensagem do Projeto de Lei nº073/2019- Que acrescenta dispositivos da Lei Municipal nº 1.491/2016, Visa incluir ao estatuto do Servidor Público a possibilidade de implementar através de Lei especifica gratificações especiais aos servidores; Mensagem de Decreto Legislativo nº03/2019- Concede Título de Honra ao Mérito ao Professor José Jacob Heckler Griebeler, autoria do Vereador Vilso Nei Serena. INDICAÇÃO QUE SERÁ LIDA E ENCAMINHADA AO ORGÃO COMPETENTE: Indicação nº51/2019 Vereador Marcos Paulo Coradini INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler, que seja denominado a Rua Projetada-A localizada no Bairro Jardim Curitibano como “Rua Erno Baron”. Justificativa: Erno Baron foi um pioneiro que muito contribuiu com o desenvolvimento da nossa cidade. No inicio (1966) veio a residir na comunidade de Cristo Rei, desenvolvendo a atividade agrícola, e voluntariamente ajudou na construção da escola e igreja local. Foi Presidente da Igreja e se envolvia muito com diversas ações voltadas a comunidade. Após a formação do Lago de Itaipu, mudou-se com sua família para a cidade quando aposentou-se. Faleceu no dia 30 de agosto de 1993. Como forma de homenagem a esse pioneiro e sua família, solicitamos que a Rua Projetada-A passe a denominar-se Rua Erno Baron. Sala de Sessões da Câmara Municipal de Itaipulândia, em 06 de setembro de 2019. Vilso Nei Serena Presidente