Sistema De Jornalismo Itavófm.

Ola amigos De Itaipulândia e região Estamos Sempre Inovando Para que você fique Bem Informado e agradecemos a Tua Preferência E Companhia de Todos Os Dias Um Bom 2019 A Todos.

Rádio Itavofm 90;3

Rádio Itavofm 90;3
Todos os Dias das 6 da Manhã as 7 Programa Alvorada Sertaneja apresentação Fernandes Miguel

Classificados Itavó FM

Classificados Itavó FM
Vende se Casas e terrenos Em Itavó

sexta-feira, 5 de junho de 2020

PAUTA 16ª Sessão Ordinária, do primeiro período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 08 de junho do ano de dois mil e vinte, em sua Sede própria, com a seguinte,


 PAUTA
16ª Sessão Ordinária, do primeiro período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 08 de junho do ano de dois mil e vinte, em sua Sede própria, com a seguinte,

ORDEM DO DIA

I-PEQUENO EXPEDIENTE:
1- Chamada Nominal dos Vereadores pelo Secretário;
2- Leitura de um trecho Bíblico:  Vereador Rodrigo Rogério Pavinatto
3- Leitura, Discussão e votação da Ata: 15ª Sessão Ordinária de 2020
4-Leitura dos Expedientes.  Ofício nº 105/2020 do Executivo Municipal

II-GRANDE EXPEDIENTE:

PROJETO DE LEI EM PRIMEIRA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO:

Projeto de Lei n° 14/2020 Dispõe sobre autorização para abertura de Crédito Adicional Especial até o limite de R$ 322.221,00, destinados à cobertura de despesa referente a aquisição de luminárias LED.

Projeto de Lei nº18/2020- Que Dispõe sobre a autorização para abertura de Crédito Adicional Suplementar e Especial até o limite de R$ 690.506,87, destinados a construção de Casa Mortuária e melhorias no cemitério.


REQUERIMENTO QUE SERÁ LIDO E ENCAMINHADO PARA A ORDEM DO DIA DA PRÓXIMA SESSÃO ORDINÁRIA:

REQUERIMENTO Nº 03/2020 – Roberto Piano, Marcos Paulo Coradini e Claudemir da Silva Homem REQUEM, após ouvido o plenário na forma regimental, que seja  encaminhado ofício a Prefeita Municipal, Exma. Senhora Cleide Inês Griebeler Prates,  no sentido de que seja enviado a este Poder Legislativo, as seguintes informações e documentos:
- Cópia integral dos seguintes Processos licitatórios, bem como empenho e notas liquidadas para contratação de empresas para realização de asfaltos, Tapa Buraco e Perícias:
* Concorrência 6/2019 PL: 256/2019 – Asfalto: Valor: R$ 9.340.552,71
* Tomada de Preço:  17/2019 PL: 127/2019 – Asfalto Santa: Valor: R$ 2.959.044,00
*  Tomada de Preço:  18/2019 PL: 138/2019 – Asfalto Moinho: Valor: R$ 149.545,78
*  Pregão:  78/2019 PL: 106/2019 – Tapa Buraco: Valor: R$ 1.003.470,00   
*  Tomada de Preço:  38/2019 PL: 303/2019 – Estrada Praia: Valor: R$ 1.444.989,48
*  Pregão:  222/2019 PL: 300/2019 – Asfalto: Valor: R$ 797.913,00
*  Tomada de Preço:  02/2020 PL: 10/2020 – Asfalto: Valor: R$ 1.159.241,81
*  Pregão:  47/2020 PL: 66/2020 – Tapa Buraco: Valor: R$ 494.610,00
 PERÍCIAS:
*  Pregão:  31/2020 PL: 43/2020 PERÍCIA: Valor: R$ 325.608,50
*  Pregão:  20/2019 PL:23/2019 – PERÍCIA: Valor: R$ 290.157,00
- Ainda Solicitamos:
- Prorrogação dos contratos se houve?
- Aditivos nos contratos se houve e qual a justificativa?
- Cópia das perícias realizadas, bem como os seus respectivos resultados.

Justificativa: As informações são importantes, afim dos vereadores cumprirem integralmente com a sua função fiscalizadora.


INDICAÇÕES QUE SERÃO LIDAS E ENCAMINHADAS AO ÓRGÃO COMPETENTE:

INDICAÇÃO Nº 31/2020 – Vereador Lindolfo Martins Rui ,  INDICA  a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, a alteração do Plano Diretor do Município de Itaipulândia,  com o objetivo de permitir a construção de residências em (70%) setenta por cento do terreno, nas áreas habitacionais.

Justificativa: Hoje o Plano Diretor do Município permite a construção de residências nas áreas habitacionais em no máximo  80m2 (oitenta metros quadrados). Muitas famílias gostariam de fazer ampliações e não conseguem em virtude da Lei. Solicitamos que seja efetuado a alteração possibilitando a construção em no mínimo setenta por cento do terreno para evitar esse impedimento.

INDICAÇÃO Nº 32/2020 – Vereador Vilso Nei Serena, INDICA  a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, a aquisição de um Rebritador de Mandíbula para instalação na Pedreira Municipal.

Justificativa: O Município conta atualmente com um britador na pedreira municipal que permite a quebra das pedras em apenas um tamanho, com a aquisição deste rebritador de mandíbulas será possível a  regulagem para quebra das pedras em diversos tamanhos o que permitira utilizar esses materiais em mais atividades de sedimentação.

Sala de Sessões da Câmara Municipal de Itaipulândia, em 05 de junho 2020. 


Vilso Nei Serena
Presidente

Bolsonaro se reúne com secretário cotado para ministério

Bolsonaro se reúne com secretário cotado para ministério

O secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, está cotado para assumir possível novo ministério


  • separator
O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, na tarde desta quinta-feira (4). O encontro não constou na agenda oficial do presidente, nem foi informado à imprensa.
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília
29/05/2020 REUTERS/Adriano Machado
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília 29/05/2020 
A reunião ocorreu no mesmo dia em que Bolsonaro liberou a bancada da bala para "tocar" as discussões pela recriação do Ministério da Segurança Pública, área atualmente subordinada à pasta da Justiça. Torres é um dos cotados para assumir o comando do eventual ministério. O indicado da frente parlamentar da segurança pública, no entanto, é o ex-deputado Alberto Fraga (DEM), que também é amigo pessoal de Bolsonaro.
No Instagram, Torres compartilhou uma imagem ao lado do presidente. "Recebendo o presidente @jairmessiasbolsonaro na SSP/DF, nesta quinta-feira. Oportunidade de conversarmos e tratarmos de assuntos locais com relação à Segurança Pública!", afirmou o secretário na legenda.
Bolsonaro já demonstrou preocupação em mais de uma ocasião com a segurança das manifestações de grupos intitulados antifascistas previstas para ocorrer em Brasília para o próximo domingo. No início da semana, ele chegou a recomendar que os seus apoiadores não deveriam fazer protestos no mesmo dia.

Após a escalada de tensão dos últimos dias, Bolsonaro deu ontem uma espécie de ordem unida e chamou manifestantes contrários a seu governo de "marginais" e "terroristas". O gesto refletiu a preocupação expressada por aliados do governo nas redes sociais.
O presidente usou termos duros para se referir a integrantes de grupos - autointitulados antifascistas - que passaram a promover atos contra o seu governo. Na mesma linha, o vice-presidente Hamilton Mourão também classificou os participantes desses protestos como "baderneiros", em artigo publicado ontem no Estadão.
Novos atos estão sendo chamados em outras cidades por grupos ligados a torcidas de futebol, agora engrossados pela Frente Povo sem Medo, organização que reúne movimentos sociais, centrais sindicais e partidos de esquerda. Em São Paulo as manifestações estão agendadas para o início da tarde na Avenida Paulista. O governo estadual proibiu atos rivais (contra e a favor de Bolsonaro) simultâneos na capital. Há manifestações já agendadas também no Rio, Salvador, Belo Horizonte e outras cidades.

Hidroxicloroquina funciona no tratamento da covid-19?

Hidroxicloroquina funciona no tratamento da covid-19?

Especialistas retomam testes clínicos para o medicamento recomendado por Trump e Bolsonaro em meio a debate sobre sua eficácia


  • separator
Especialistas estão retomando os testes clínicos com a agora célebre hidroxicloroquina para a covid-19, enquanto a confusão continua a reinar sobre o debate em torno do medicamento para tratamento da malária incentivado pelo presidente Jair Bolsonaro e celebrado pelo presidente norte-americano, Donald Trump, como um potencial "divisor de águas" na luta contra a pandemia. 


27/05/2020
REUTERS/George Frey
27/05/2020 REUTERS/George Frey
Foto: Reuters
As novas pesquisas seguem após críticas generalizadas sobre a qualidade dos dados em um estudo que retirado na quinta-feira. O artigo, originalmente publicado na influente publicação científica The Lancet, havia descoberto riscos altos associados ao tratamento com o remédio.
Organização Mundial da Saúde (OMS), que na semana passada suspendeu os testes após o estudo da The Lancet mostrar que o medicamento estava associado com um risco maior de morte em pacientes hospitalizados, anunciou na quarta-feira que estava pronta para retomar os testes. 
A mudança de postura da OMS é "uma decisão sábia", de acordo com Martin Landray, cientista que co-lidera o estudo Recovery, maior projeto de pesquisa do mundo sobre medicamentos existentes que podem ser aproveitados para o tratamento de pacientes com a covid-19


"O que esse episódio realmente mostra é que sem testes randomizados, há uma imensa incerteza", disse Landray, que é professor de Medicina e Epidemiologia da Universidade de Oxford
Estudos aleatórios são o padrão de ouro nas pesquisas científicas, e consistem em atribuir um tratamento a um grupo de pessoas e um placebo a um outro para que os dois possam ser comparados.
O estudo da The Lancet era um estudo "observacional retrospectivo", utilizando um conjunto de dados vindos de uma empresa de análises para avaliar os efeitos que a substância tinha em alguns pacientes da covid-19, comparados com pacientes que não a receberam.
A meia-volta da OMS se deu após quase 150 médicos assinarem uma carta à Lancet ressaltando preocupações sobre as conclusões do estudo. Na quinta-feira, três dos autores retiraram o estudo, dizendo que a empresa que detêm os dados não o publicaria para uma revisão independente. 
Alguns especialistas disseram que o episódio atrasou os esforços para determinar se a hidroxicloroquina seria um tratamento arriscado ou eficiente para a covid-19, conforme alguns estudos por todo o mundo foram suspensos após a decisão inicial da OMS de parar as pesquisas. 
"Impactou de verdade negativamente os tipos de estudos que poderiam dizer se há benefícios ou danos", disse Will Schilling, co-diretor do estudo britânico Copcov, à Reuters. O estudo foi suspenso na semana passada, apenas alguns dias após seu lançamento. 
"No momento, nós realmente não sabemos", disse Schilling. "É por isso que esses estudos são necessários, e agora eles estão levemente abalados por tudo isso." 
Cientistas reconhecem, no entanto, que estudos que estão sendo conduzidos em ritmos acelerados e angariando níveis de atenção sem precedentes podem oferecer conclusões despropositadas. 

Trump está tomando

hidroxicloroquina ocupou as manchetes de todo o mundo muito por conta da propaganda feita por Trump, que disse em março que o medicamento poderia ser um divisor de águas e revelou no mês passado que estaria tomando por conta própria, mesmo após a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) aconselhar que sua eficácia e segurança não foram provadas. 
Na ausência de evidências científicas claras, algumas autoridades e consumidores estão comprando estoques do medicamento caso ele se mostre eficiente. O Reino Unido, por exemplo, está investindo milhões de libras em grandes quantidades de cartelas.
Experimentos laboratoriais mostraram que a hidroxicloroquina podia bloquear o vírus SARS-CoV-2, que causa a covid-19, mas o efeito não foi replicado em testes mais rigorosos em pessoas. 
Um outro estudo feito por especialistas da Universidade de Minnesota sobre o potencial efeito preventivo da hidroxicloroquina contra o novo coronavírus concluiu que o medicamento não protegeu os pacientes que a receberam antes de serem expostos à covid-19
Aqui novamente, no entanto, as águas ficaram turvas. O  que publicou o estudo na quarta-feira, apontou em um editorial que há limites no escopo do estudo. 
O estudo da Universidade de Minessota também foi limitado no cenário testado, afirmou Richard Chaisson, pesquisador da Universidade Johns Hopkins que está conduzindo um teste separado do medicamento para determinar se ele é eficiente para o tratamento de pacientes com versões de moderadas a severas da covid-19
Há ainda uma necessidade para estudos robustos sobre se a substância pode funcionar em doses baixas antes ou depois da exposição ao vírus, assim como em casos leves, moderados, pacientes hospitalizados e gravemente adoecidos, acrescentou.

Governo discute se empregará Força Nacional em manifestações de domingo

Governo discute se empregará Força Nacional em manifestações de domingo


  • separator
O governo federal vai discutir nesta sexta-feira, 5, a necessidade de empregar a Força Nacional de Segurança Pública nos protestos do domingo, 7, quando estão previstos atos a favor e contra o presidente Jair Bolsonaro em Brasília. As discussões envolvem o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e a Polícia Militar do Distrito Federal, responsável pela segurança da capital federal.
Bolsonaro tem criticado manifestantes contra seu governo, numa tentativa de criminalizar os movimentos. Na quinta-feira, 4, na "live" semanal que faz nas suas redes sociais, chamou os integrantes de grupos que pretendem ir às ruas no domingo de "marginais" e "viciados" e pediu que as pessoas não participem dos atos.
"Não compareçam a esse movimento que esse pessoal não tem nada a oferecer para nós. Muitos são viciados. Eles querem o tumulto. Domingo, ninguém comparece. É um pedido meu. Os 'antifas' (antifascistas), novo nome dos black blocs, querem roubar sua liberdade", disse o presidente ao fazer referência aos grupos que foram às ruas durante a crise que culminou no impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).
Apesar do pedido de Bolsonaro para que seus apoiadores não saiam às ruas no domingo, grupos convocaram atos a favor do governo. A concentração está marcada para as proximidades da Torre de TV, área próxima à Esplanada dos Ministérios, onde os manifestantes contrários ao presidente pretendem protestar. A preocupação é que haja novos confrontos como os ocorridos no fim de semana passado em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Caso autorizada, não será a primeira vez que a Força Nacional será empregada em protestos contra o governo. Em maio do ano passado, os agentes já atuaram durante atos na Esplanada. A sua função neste tipo de missão é a de proteção do patrimônio público, para evitar que haja depredações de prédios de ministérios, por exemplo. O acompanhamento das manifestações e o controle de eventuais conflitos continuam sob responsabilidade da Polícia Militar.
A decisão sobre o tipo de segurança que será empregada no domingo será feita após avaliação dos diferentes órgãos de inteligência. Além da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), produzem informes sobre o caso a Polícia Federal, a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e os órgãos de segurança pública do Distrito Federal. Uma espécie de mapa de risco é desenhado para que as autoridades tomem suas decisões. O temor é de infiltrações de agitadores contrários em qualquer um dos lados, que poderia levar a um tumulto generalizado com consequências imprevisíveis.
Caso a Força Nacional seja chamada, o Ministério Justiça convocará para a atuação os militares que estão permanentemente de prontidão no Gama, região administrativa nos arredores de Brasília, onde existe uma base operacional. Atualmente, 1.491 homens estão mobilizados em 53 operações, em 18 Estados e no DF.
O governo do DF, no entanto, ainda aguarda para esta sexta-feira o resultado de ações que questionam os atos pró e contra o governo na mesma data.
Em São Paulo, por exemplo, o governador João Doria determinou que os protestos ocorram em dias diferentes.

fotos google

Social

Notícias Populares

Poder Legislativo de Itaipulândia Paraná

Poder Legislativo de Itaipulândia Paraná
PAUTA 15ª Sessão Ordinária, do primeiro período legislativo, da Sétima legislatura do Município de Itaipulândia, Estado do Paraná, realizada às 19:00 horas no dia 01 de junho do ano de dois mil e vinte, em sua Sede própria, com a seguinte, ORDEM DO DIA I-PEQUENO EXPEDIENTE: 1- Chamada Nominal dos Vereadores pelo Secretário; 2- Leitura de um trecho Bíblico: Vereador Claudemir da Silva Homem 3- Leitura, Discussão e votação da Ata: 14ª Sessão Ordinária de 2020 4-Leitura dos Expedientes. II-GRANDE EXPEDIENTE: PROJETO DE LEI EM PRIMEIRA DISCUSSÃO E VOTAÇÃO: Projeto de Lei nº18/2020- Que Dispõe sobre a autorização para abertura de Crédito Adicional Suplementar e Especial até o limite de R$ 690.506,87, despesas com construção de Casa Mortuária e melhorias no cemitério. MENSAGENS DO PROJETO DE LEI E DOS PROJETOS DE DECRETOS LEGISLATIVO QUE SERÃO LIDOS E ENCAMINHADOS PARA ANALISE DAS COMISSÕES PERMANENTES: Mensagem do Projeto de Lei nº23/2020- Que Dispõe sobre a autorização para abertura de Crédito Adicional Especial, até o limite de R$ 750.000,00, destinado a construção da Unidade Básica de saúde de Santa Inês, com recursos do estado, através da resolução SESA nº765/2019 de 04 de dezembro de 2019; Mensagem do Projeto de Decreto Legislativo nº 01/2020- Aprova com Ressalva as Contas do Poder Executivo Municipal relativo o exercício financeiro de 2017; de autoria dos Vereadores da comissão de Finanças e Orçamento, Vereadores: Rodrigo Rogério Pavinatto, Luciano da Silva e Lindolfo Martins Rui; Mensagem do Projeto de Decreto Legislativo nº 02/2020- Aprova as Contas do Poder Executivo Municipal relativo o exercício financeiro de 2018; de autoria dos Vereadores da comissão de Finanças e Orçamento, Vereadores: Rodrigo Rogério Pavinatto, Luciano da Silva e Lindolfo Martins Rui. INDICAÇÕES QUE SERÃO LIDAS E ENCAMINHADAS AO ÓRGÃO COMPETENTE: INDICAÇÃO Nº25/2020– Vereador, Vilso Nei Serena, INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, a aquisição de testes rápidos para o COVID-19, e realizado nas pessoas com sintomas de coronavírus. Justificativa: Além de ser uma forma de prevenção que permite detectar a presença dos anticorpos marcadores da infecção, a realização de testes rápidos vai tranquilizar as pessoas com sintomas, que tendem a ficar mais ansiosos com a suspeita da doença, e muitas vezes sem condições de fazer o teste em laboratórios particulares. INDICAÇÃO Nº26/2020– Vereador, Vilso Nei Serena, INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, o aumento da capacidade da Internet banda larga disponibilizado aos munícipes através do programa “Cidade Virtual”, e que o Município viabilize a sua instalação para pessoas carentes. Justificativa: Em virtude da Pandemia as aulas estão sendo realizadas online, porém muitas crianças e adolescentes não tem acesso a internet porque não conseguem acessá-la ou porque a família não tem condições de fazer as instalações necessárias. Solicitamos atenção urgente por parte do executivo neste sentido para diminuir a exclusão digital no Município, tão necessária neste momento. INDICAÇÃO Nº27/2020– Vereador, Marcos Paulo Coradini INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, que seja concedido um subsídio aos Fumicultores do Município, com o objetivo de auxiliar na produção das suas lavouras. Justificativa: Tendo em vista que o nosso município é um grande produtor de fumo, envolvendo em torno de sessenta produtores que utilizam aproximadamente duzentos hectares de terra e produzem em torno de quinhentas toneladas de fumo anualmente, envolvendo cerca de trezentas pessoas. Isso significa uma grande empresa no município, por isso muito justo em conceder esse benefício, priorizando esses grandes guerreiros. INDICAÇÃO Nº28/2020– Vereador, Lindolfo Martins Rui, INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, que seja concedido subsidio para instalação de placas fotovoltaica para todos os empresários, comerciantes, agricultores que estão gerando emprego e renda no município, e depois que seja estendido a todos os munícipes que tem interesse em instalar a energia solar. Indicamos também a instalação das placas fotovoltaicas nos órgãos públicos municipais. Justificativa: Tendo em vista que se trata de energia limpa e renovável e comprovada a viabilidade econômica, pois um sistema fotovoltaico pode reduzir em até 95% os gastos com energia elétrica, ou seja, com o passar do tempo o investimento é facilmente recuperado e passa a gerar lucro. Também considerando que nossa região é propícia para a produção de energia solar tendo em vista o clima favorável. INDICAÇÃO Nº29/2020– Vereadora, Carla Eliane Mohr, INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, que seja realizado a construção de um passeio público interligando o campo de futebol da comunidade de Santa Inês ao cemitério daquela comunidade. Justificativa: O trajeto apresenta pouco mais de mil metros de distância, sendo que nos cortejos fúnebres e em dia de finados e até mesmo diariamente, as pessoas que realizam o trajeto a pé correm constante perigo, pois sequer há acostamento naquele trajeto. INDICAÇÃO Nº30/2020– Vereadora, Carla Eliane Mohr, INDICA a Prefeita Municipal, Exma. Sra. Cleide Inês Griebeler Prates, altere a lei de incentivo ao esporte, para que os atletas de nível I, continuem a receber suas bolsas, mesmo no período de pandemia. Justificativa: Os atletas de alto rendimento que fazem parte do nível I, da lei de incentivo ao esporte, estão impossibilitados de treinar em razão da pandemia, no entanto, sempre representaram o município e encontram-se a disposição, realizando seus treinamentos físicos de maneira individual. Tão logo retornem as atividades, estes atletas estarão preparados para dar continuidade ao trabalho esportivo. Sala de Sessões da Câmara Municipal de Itaipulândia, em 29 de maio 2020. Vilso Nei Serena Presidente